Daniel Alves a historia de um jogador de futebol

0
2765

Hoje vamos contar um pouco a historia de Daniel Alves o lateral direito da Seleção Brasileira de futebol.

JUAZEIRO

Daniel Alves, mais conhecido como Dani Alves ou simplesmente  (Bahia Juazeiro) atua como lateral-direito. Atualmente joga pela Juventus.

O Tecnico José Carlos Queiroz, o qual à convite do amigo Cláudio, que assumiu o Juazeiro Social Clube de 1998 até 2000, foi quem levou Daniel Alves para o Bahia, ainda com 15 anos de idade. Cláudio, que havia se tornado supervisor do clube, falou que tinha um jogador acima da média no juvenil do Juazeiro:

No primeiro treino que vi, gostei e trouxe ele do juvenil..

BAHIA

Ele disputou uma partida junto como profissional do Juazeiro, um amistoso de inauguração do estádio da Seleção da cidade de Conceição do Coité, que disputa torneios amadores.

Depois de alguns anos nas categorias de base do Bahia, no fim do Campeonato Brasileiro de 2001, com as contusões do titular Denílson e de seu reserva imediato Mantena, Daniel teve sua primeira chance de jogar como titular, no dia 11 de novembro, no triunfo do Bahia sobre o Paraná por 3-0, na Fonte Nova.

O jovem lateral não decepcionou. Daniel Alves jogou com ousadia, garra, mostrou excelente preparo físico, marcou com eficiência, apoiou bastante o ataque e foi o grande destaque deste jogo, sofrendo um pênalti e dando passe para um dos gols. Durante a partida, a boa atuação fez com que os torcedores exigissem, em coro: “Ah! Ah! Daniel Alves é titular”. O treinador Evaristo de Macedo atendeu aos pedidos e, nas partidas seguintes, Daniel não saiu mais da equipe titular.

No ano seguinte, 2002, mesmo com Bobô assumindo o cargo de tecnico, Daniel continuou sendo titular absoluto do Bahia.

Acho que, por seu talento, e pela falta de bons valores no país para a posição dele, o Daniel é forte candidato a integrar a seleção brasileira num futuro próximo

Jogador do Bahia, Daniel Alves foi campeão do campeonato baiano 2001 e bi-campeão da copa do nordeste 2001 e 2002.

Em um evento realizado em Salvador, em junho de 2009, pelo Esporte Clube Bahia, Daniel Alves declarou ter muito respeito e carinho pelo Bahia, e disse também que deseja encerrar a carreira no clube.

Sevilha 

No início de 2002, Daniel Alves foi contratado pelo Sevilla, inicialmente por empréstimo de uma temporada.

Ao final da temporada 2002, Daniel havia atuado em dez partidas na La Liga e agradado os torcedores e dirigentes do Sevilla com suas excelentes atuações durante.

Em dezembro de 2003, durante sua segunda temporada pelo clube da cidade de Sevilha, conquistou o Mundial Sub-20 pela seleção brasileira. Daniel Alves foi um dos grandes destaques da equipe, terminando um dos melhores do torneio.

Em 2006, Dani Alves assinou um novo contrato com o Sevilla, com 47 partidas e cinco gols marcados, atuando em todas as partidas da Copa da UEFA de 2006, torneio conquistado pelo clube.

Após alguns anos jogando na Espanha, se naturalizou a cidadão Espanhol, o que lhe excluiria da necessidade de uma autorização de trabalho para jogar em qualquer país da União Europeia.

Em 2007, em uma entrevista ao SporTV, Daniel Alves disse que tinha vontade ir para um grande clube europeu, reiterando, em maio de 2008, o seu desejo de deixar o clube.

Afirmou que ele estava com o interesse do Chelsea José María del Nido, sobre a proposta do Barcelona por Daniel Alves.

Algum tempo depois, Daniel Alves revelou estar decepcionado com o presidente do Sevilla por ter recusado as propostas, principalmente a do Chelsea, que optou então por contratar seu compatriota Belletti, que atua na mesma posição.

Ao final da temporada 2007, foi mais uma de destaque no Sevilla. Durante a uma entrevista de despedida, Daniel disse que “gostaria retornar ao clube no futuro ” e que “chegou ao Sevilla como um menino e saiu como um homem”, chegando a chorar diversas vezes durante a coletiva.

Barcelona

2 de julho de 2008, Daniel  foi contratado pelo Barcelona por quatro temporadas. O valor anunciado oficialmente foi de 34 milhões de euros, com mais €6 milhões dependendo do seu desempenho durante as temporadas seguintes.

Na sua primeira partida em 2008 pelo clube catalão, logo assumiu o posto de titular, anteriormente pertencente a Gianluca Zambrotta, que havia retornado ao futebol italiano, se transferindo para o Milan.

 

Daniel Alves fez a sua estreia oficial pelo Barcelona em 13 de agosto de 2008, contra o Wisła Kraków, no jogo de ida das eliminatórias da Champions League, torneio que terminou com o título do Barcelona.

Sua estreia na  ocorreu no primeiro jogo do Barcelona no campeonato, contra o Numancia, em agosto de 2008. Não atuou na final da Liga dos Campeões, contra o tme inglês Manchester United, devido à uma suspensão por cartão amarelo.

O Barcelona derrotou o United por 2-0, conquistando assim a tríplice coroa da temporada 2008-09: UEFA Champions League, La Liga e Copa del Rey.

Conquistou ainda a Supercopa de España e a UEFA Super Cup, vencendo o Shakhtar Donetsk por 1-0 Sendo assim, em sua primeira temporada pelo clube catalão, Daniel Alves conquistou todas as competições que disputou simplesmente fantástico.

No início da temporada 2013, Daniel Alves alterou o número da camisa de 2 para 22 para homenagear o ex-companheiro a seu amigo Éric Abidal que a utilizara e deixara o clube.

 

Daniel Alves com a Supercopa da UEFA de 2015

Já na temporada 2014-15, contra o APOEL, pela Liga dos Campeões de 2014–15, Daniel Alves completou trezentos jogos pela equipe catalã

No fim de seu contrato com o clube, junho de 2015, as partes ainda não haviam chegado a um acordo. O próprio Daniel declarou em entrevista que se sentia menosprezado pelos dirigentes.

Porém em 9 de junho de 2015 renovou seu vínculo com o clube por mais duas temporadas.

Juventus

No dia 27 de junho de 2016, Daniel assinou contrato com a Juventus um contrato válido até junho de 2018. Marcou seu primeiro gol com a camisa da Juventus na quinta rodada da Serie A de 2016–17, na goleada por 4 a 0 sobre o Cagliari.

 

Video abaixo conta um pouco da hsitoria de Daniel Alves atual lateral da seleção Brasileira.

Leia também:medica recusa ajudar criança e a criança vem a óbito

COMPARTILHE

COMENTE